You are currently browsing the category archive for the ‘Dicionário moderno’ category.

Lendo as três primeiras estrofes d‘Os Lusíadas, aprendi que:

  • Barões assinalados, non assinalados Barões;
  • força humana, non humana força;
  • gente remota, non remota gente;
  • memórias gloriosas, non gloriosas memórias;
  • terras viciosas, non viciosas terras;
  • obras valorosas, non valorosas obras;
  • navegações grandes, non grandes navegações;
  • peito ilustre, non ilustre peito;
  • Musa antiga, non antiga Musa;
  • valor mais alto, non mais alto valor.

É verdade que lá no meio tem ocidental praianovo Reino, mas olhem o placar: 10 a 2.

Anúncios

Este blogue e este blogueiro não aderirão à nova ortografia da língua portuguesa. Permanecerão grafando segundo os termos da reforma de 1971, a qual, aliás, o blogueiro ainda não terminou de aprender.

Atenciosamente.

Lendo uns blogues por aí, vejo que muita gente que usa o verbo “transliterar” não sabe o que ele quer dizer. Uma dica: esqueçam o “trans” e se concentrem no “literar”. Ou perguntem ao tio Uáis (os negritos são meus):

Escrever com um sistema de caracteres algo escrito com outro.

O pesadelo da história